Todos os horários
A&EXTRAS

Acumulador extremo ameaça vizinhos que querem se livrar do seu lixo

Os moradores de El Palomar, na província de Buenos Aires, pediram ajuda recentemente às autoridades para controlar um vizinho que sofre de síndrome de acumulação compulsiva, um transtorno psicológico que o leva a acumular de forma desenfreada o lixo em sua casa – que já está invadindo a calçada do seu quarteirão.

“Estamos vivendo um momento muito ruim. Eu preciso da minha calçada. Ninguém pode vir à minha casa porque não há onde estacionar o carro”, afirmou uma moradora da vizinhança a um jornal local.

Lá, Jorge, como todos o conhecem no bairro, empilha papelão, garrafas, eletrodomésticos e quinquilharias de todos os tipos. Não só dentro da sua casa, mas também na varanda e na calçada. Ele ainda recebe lixo de pessoas que o conhecem e sabem que ele o conservará em casa.

“Ele já bateu em mim e no meu marido e nos machucou por tentarmos tirar um pouco de lixo da calçada e da rua, além de nos ameaçar constantemente. Ele quase derrubou a porta de outra vizinha a pancadas e correu atrás do seu marido com uma faca. Tivemos que chamar a polícia”, contou uma das moradoras.

A síndrome de acumulação compulsiva é um distúrbio psicológico que faz com que as pessoas acumulem objetos e não consigam se desfazer deles, embora não sirvam para nada. Caracteriza-se ainda pelo total abandono da pessoa que sofre do problema e isolamento voluntário. 

Se você quiser conhecer outros casos impressionantes como este, não perca ACUMULADORES COMPULSIVOS, toda quinta, às 23h15 no A&E.


Fonte: Infobae