Todos os horários
A&EXTRAS

Morador de rua vai a restaurante caro, paga a própria comida e critica o vinho servido: "na próxima peço cerveja"

Em um bairro nobre de Belo Horizonte, um morador de rua sentou-se tranquilamente em um restaurante caro da região, pediu entrada, filé como prato principal, uma garrafa de vinho e um refrigerante. 

O homem, identificado como Azulinho, fez questão de pagar pela comida mas disse que não gostou muito do vinho. “Da próxima vez peço uma cerveja”, brincou.

O fato curioso acabou caindo na internet e viralizou. 

Azulinho é conhecido na área e frequenta o restaurante há pelo menos seis anos. Dessa vez ele chegou com uma nota de R$ 50 e pediu o almoço, mas, no fim, o dono cobrou apenas pelo refrigerante. Quem já o conhece diz que o homem não gosta de nada que vem de graça. 

“Ele lancha com a gente, toma café com a gente, almoça. Ele gosta que a gente faça o prato dele, a sobremesa, que a gente dê palpite. Mas não gosta de nada de graça. Tudo que ele consome ele faz questão de pagar”, revela a assistente de caixa Bárbara Araújo.

Já Azulinho diz que o respeito ao próximo é fundamental, independentemente da condição social. “Educação é saber dialogar e respeitar a visão da gente”.


Ele vive nas ruas do Reino Unido e, uma vez por ano, faz uma peregrinação até Londres em busca de conforto e amizade. HECTOR - Segunda, dia 10/12, às 22h30!


Fonte: G1 | Imagem: Instagram/Reprodução