Todos os horários
A&EXTRAS

O.J.Simpson confessa assassinato da ex-esposa em entrevista perdida há 12 anos

A emissora FOX levou ao ar na noite deste domingo (11), um programa que estava “perdido” desde 2006. Em vídeo, o ex-jogador de futebol americano, O.J. Simpson, confessa o assassinato de sua ex-mulher, Nicole Brown Simpson, e do amigo dela, Ron Goldman. 

Simpson explica em detalhes “hipotéticos” o que aconteceu naquele 12 de junho de 1994 – o dia em que a ex-mulher e o amigo foram assassinados. Ele conta que um certo “amigo Charlie” estava bisbilhotando a vida de Nicole. 

Na noite do crime, Charlie teria ido até a casa do ex-jogador e revelado o que havia descoberto. Simpson e o amigo entram num carro e dirigem até a casa de Nicole usando boné, luvas e com uma faca sob o banco do carro.

Eles estacionam o carro próximo à casa de Nicole e percebem que Ron Goldman se aproxima para devolver uns óculos esquecidos durante o jantar. 

Simpson acreditou que Ron estava ali para um encontro amoroso com Nicole e começou a gritar com ele. Nicole teria então entrado na discussão, dizendo para Simpson ir embora. Depois ele diz que Nicole caiu e se machucou. 

Foi então que, segundo o ex-jogador, Ron tentou atacá-lo. 

Depois desse episódio ele diz que não se lembra de mais nada, só de estar segurando a faca. Depois, Simpson desconversa e começa a dar risada.

O. J. Simpson foi julgado e absolvido pelos assassinatos de Nicole Brown e Ronald Goldman em 1995, em um veredicto polêmico, que dividiu a opinião pública nos EUA.

Na época da entrevista, o ex-atleta estava prestes a lançar o livro "If I Did It" ("Se eu tivesse feito", na tradução), mas a publicação foi cancelada.

Não perca um só episódio de POLÍCIA AO VIVO: MELHORES MOMENTOS. Toda terça, a partir de 20h50! 


Fonte: R7 
Imagem: Vicki L. Miller / Shutterstock.com