Todos os horários
A&EXTRAS

Os criminosos mais famosos de Alcatraz

Entre os anos de 1934 e 1963, a ilha de Alcatraz, em São Francisco, na Califórnia, abrigou 1.576 criminosos, acusados dos delitos mais escandalosos da época. Muitos dos presos que passaram por Alcatraz ganharam fama pelos crimes que cometeram ou pela espetacular fuga que empreenderam. Confira a lista dos mais famosos de Alcatraz.

Al Capone
Alphonse Gabriel "Al" Capone, também conhecido como Scarface, foi o mafioso mais famoso que passou por Alcatraz. Inimigo público número um dos EUA, Al Capone foi condenado, em 1931, por evasão de divisas e pelo assassinato de sete pessoas, no que ficou conhecido como o massacre de São Valentin, ocorrido em 1929. Em 1939, teve a pena revisada devido ao seu precário estado de saúde. Morreu em 1947, vítima de sífilis.



Robert Stroud
Condenado a 12 anos de prisão pelo assassinato de um homem, que supostamente teria estuprado sua namorada, Stroud ficou conhecido como “Homem dos Pássaros”. Cumpriu pena, inicialmente, em Kansas. Foi ali que chegou a criar 300 pássaros em sua cela. Agressivo, acabou assassinando um guarda da prisão. Foi condenado à morte, mas conseguiu clemência do presidente Woodrow Wilso e foi transferido para Alcatraz. Lá, passou o resto da vida dedicando-se ao estudo dos pássaros.

George Barnes
George Barnes, mais conhecido como "Machine Gun Kelly" foi um dos mafiosos da época da Lei Seca que cumpriram pena em Alcatraz. Barnes e sua esposa Kathryn foram responsáveis pelo famoso sequestro do magnata do petróleo texano Charles F. Urschel, em 1933. Em Alcatraz, ele ganhou a alcunha de "Machine Gun Kelly".



Alvin Karpis
Outro inimigo público dos EUA, Albin Francis Karpowicz, ficou conhecido como "Creepy” por causa de seu sorriso sinistro. Foi o prisioneiro que passou mais tempo em Alcatraz – 26 anos da sua vida. Entre seus crimes estão roubos, sequestros e assassinatos.



James Whitey Bulger
James Whitey Bulger foi transferido para Alcatraz em 1959. Quando saiu da prisão, se junto à máfia irlandesa e se transformou em um informante do FBI, em 1975. Em 1994, foi obrigado a se esconder e, em 2011, acabou preso novamente por ser cúmplice em 11 assassinatos. Em 2013, foi condenado à prisão perpétua.



Michey Cohen
Michey Cohen foi a celebridade de Alcatraz – conhecido como o gângster de Hollywood. Era amigo de famosos como Frank Sinatra e Judy Garland. Teve duas passagens por Alcatraz, de 1951 a 1955 e em 1961, ambas por evasão de divisas.



Os irmãos Anglin e Frank Morris
Ao longo da história de Alcatraz, 36 presos tentaram fugir. Todos sem sucesso. Mas, em 1962, três detentos conseguiram escapar e, até hoje, não se tem notícia deles. Especula-se, inclusive, que tenham vindo para o Brasil.

Os irmãos Clarence e John Anglin e o amigo Frank Morris (na ordem das fotos abaixo) executaram o plano de fuga por sete meses. Cavaram a parede das celas com colheres. Para escolher os buracos, fizeram grades falsas de papel. Os buracos davam acesso aos dutos de ventilação e ao teto.

Eles moldaram cabeças humanas com papel jornal e usaram perucas para deixar embaixo dos cobertores. Assim, os guardas não deram falta dos presos durante a noite. Aparentemente, estavam dormindo. Os três tiveram oito horas para escapar da cela, subir até o telhado, escalar a prisão e nadar com apoio de uma balsa, improvisada com capas de chuva. Nunca foram encontrados.






Toda quinta, a partir das 20h10, tem dobradinha de BULL! Fique ligado!


Fonte: msn.com | Imagem destaque: Anton_Ivanov /Shutterstock.com | Demais imagens: domínio público