Todos os horários
A&EXTRAS

Os demônios mais perigosos, segundo a Igreja Satânica

Conforme escreveu o próprio Anton Szandor LaVey, conhecido como o Papa Negro, autoproclamado sacerdote da Igreja de Satã e autor da Bíblia Satânica, “os teólogos catalogaram alguns dos nomes de diabos em suas listas de demônios, mas a lista seguinte contém os nomes mais efetivamente utilizados em rituais satânicos”. Abaixo, apresentamos esta lista, que enumera os demônios mais perigosos:

 

 

- Asmodeus: é um demônio do cânone católico, também citado no Talmude e em diversos tratados de demonologia. Ele está diretamente associado aos excessos carnais, à sensualidade e à luxúria, e é especialmente vinculado a estados orgíacos.

 

 

- Astaroth: mais conhecido como o “grão-duque do Inferno”, partilha seu estatuto com a primeira hierarquia demoníaca, que inclui os poderosos Belzebu e Lúcifer. É um demônio persuasivo, que seduz principalmente por meio da preguiça, da vaidade e das filosofias racionalistas.

 

 

- Azazel: é o líder dos anjos caídos que fornicaram com mulheres mortais e deram à luz uma raça de gigantes, conhecida como Nefilim. Azazel ensinou aos homens como fabricar armas de guerra, e às mulheres, o uso de cosméticos.

 

 

- Balaão: é um personagem bíblico e profeta da religião na Mesopotâmia. Na concepção hebraica, é um demônio diretamente ligado à avareza, à cobiça, de alto poder e maldade exemplar.

 

- Behemot: este demônio, de origem hebraica e características metamórficas, é extremamente poderoso e capaz de adotar a forma de uma besta, como um elefante monstruoso, embora muitos se refiram a ele como um hipopótamo.

 

 

- Belzebu: seu nome deriva etimologicamente de “Ba’al Zvuv,” que significa “O Senhor das Moscas”. Ele nada mais é que o “Príncipe dos Demônios”, segundo a tradição cristã, e assume vários nomes, dependendo das diferentes manifestações de sua maldade.

 

 

- Kimaris: também conhecido com o nome de Cimejes, este demônio é um marquês do inferno, descrito como um grande guerreiro, montado em um cavalo negro e escoltado por 20 legiões demoníacas. Além disso, Kimaris é o governante de todos os espíritos africanos.

 

- Damballa: esta divindade demoníaca e primitiva tem suas origens no vodu africano. Damballa se move lenta e silenciosamente, mas é capaz de realizar movimentos repentinos e extremamente rápidos. Acredita-se que a palavra “zumbi” deriva de “nzambi”, referida a este demônio.

 

Eles precisam driblar os serviços de inteligência para não serem assassinados. O LEGADO BOURNE - sábado, dia 5, às 21h50!

 


 

Fonte: Apologistas | Imagens: E. Plon, M. Jarrault, William Blake; Creative Commons / Vera Petruk; Shutterstock