Todos os horários
A&EXTRAS

Teste: Qual é o produto mais contrabandeado no Brasil?

Clique na sua aposta:

 

Se você escolheu Cigarro, acertou em cheio!

Hoje, o produto responde por nada menos que 54% de todas as apreensões de contrabando feitas no Brasil.

Esse comércio paralelo gera um prejuízo bilionário para os cofres públicos e faz cair o investimento do que seria aplicado em educação e desenvolvimento social. 

A maior parte dos cigarros contrabandeados para o Brasil vem do Paraguai – cerca de um terço do total. Lá, o custo unitário de uma carteira sai por pouco mais de R$ 1. Aqui é proibido, por lei, vender cigarro por menos de R% 5 - o imposto aplicado sobre o produto é de 80%, enquanto no país vizinho oscila entre 18 e 22% - a menor do mundo para a indústria do tabaco.

Em 2017, o Paraguai produziu 62 bilhões unidades de cigarro. Somando o consumo local e as exportações legais, temos apenas 3,6 bilhões de unidades comercializadas. Os 58,4 bilhões restantes são contrabandeados. 

Para piorar, o presidente anterior do Paraguai, Horacio Cartes, é dono de uma fábrica de tabaco, responsável por 80% do cigarro que entra hoje no Brasil. O novo presidente eleito, Mario Abdo Benítez, prometeu reforçar a política anticontrabando e a vigilância de fronteira. 

Por aqui, a pena por contrabando varia de 2 a 5 anos de prisão.

 

Um ex-contrabandista se vê diante uma encruzilhada quando um narcotraficante ameaça a vida de seu cunhado. CONTRABANDO - nesta terça, dia 4, às 22h30 no A&E Movies!


Fonte: Band